Anthony Mackie diz que Guerra Infinita é o filme “mais humano” da Marvel

Vingadores: Guerra Infinita é surpreendentemente o filme Marvel mais humano ainda, diz Anthony Mackie. No próximo mês, a Marvel Studios estreia seu filme mais ambicioso, já que começam o ponto culminante de tudo o que ocorreu na franquia de sucesso, com o filme dirigido por Joe e Anthony Russo.

Guerra Infinita é talvez o maior filme de sucesso de todos os tempos (pelo menos até Vingadores 4), colocando cerca de 76 personagens contra um vilão poderoso… Thanos. No entanto, com os Irmãos Russo juntando-se mais uma vez com os escritores da trilogia do Capitão América Christopher Markus e Stephen McFeely, as esperanças são altas de que Guerra Infinita acabará por enfrentar o ambicioso desafio que definiu para si mesmo.

Mackie – que tem desempenhado o papel de Sam Wilson aka Falcão no MCU há cinco anos – afirma que as pessoas ficarão surpresas com o que Marvel conseguiu realizar em Guerra Infinita. O ator, curiosamente, reiterou durante uma entrevista que o filme “dá uma humanidade a todos os personagens”.

“É uma história muito interessante que escolhemos contar. Como eu disse, apenas dá uma humanidade a todos os personagens “.

Resultado de imagem para tony stark infinity warMackie ainda fala de “momentos chocantes”, em particular, que poderiam ser um alerta de que qualquer um poderia morder a bala durante a Guerra Infinita. Claro, personagens de longa data como Homem de Ferro, Capitão America e Thor estão na vanguarda da lista, mas os personagens de apoio como Falcão certamente correm o risco de ir também.

Por outro lado, os bons não são os únicos que serão humanizados em Vingadores: Guerra Infinita. Joe Russo sugeriu que os fãs se sintam empáticos com Thanos às vezes no filme.