Criador do PUBG defende a “Zona Vermelha” do jogo

Brendan Greene, criador do PUBG saiu em defesa de um recurso do Battle Royale que alguns jogadores não concordam… a Zona Vermelha.

A zona vermelha é uma área do PUBG marcada no mapa que é bombardeada de cima. Se você não está em um prédio quando uma bomba cai em você, você está morto. Se você sabe como evitar a zona vermelha ou permanecer dentro das estruturas, você se encontrará em uma área onde quase ninguém pode ouvir o que você está fazendo.

“E as pessoas dizem que não há motivo para isso, mas oferece cobertura de áudio, realmente parece legal quando você está brigando”, disse Greene à Eurogamer. “E realmente, você não deveria estar morrendo para a zona vermelha. Se você está morrendo na zona vermelha, então sinto muito, mas você não é um jogador muito bom. ”

“É tipo, você sabe que há uma zona de segura de cem metros em torno da borda dela, se você está em um prédio há uma chance muito pequena de ser atingido, está lá por uma razão específica, parece muito legal e fornece tensão ”, explicou Greene. “Se você está preso em uma briga na Zona Vermelha, é emocionante! As pessoas dizem que não tem razão, mas tem sim. Ele está lá por um motivo muito específico que está fornecendo cobertura de áudio e, mesmo que seja um pouco distante, ele oferece cobertura suficiente para funcionar um pouco, por isso há motivos. ”

Parece legal, isso impede que as pessoas ouçam você e há muitos passos que você pode tomar para mitigar seu risco quando estiver perto ou dentro dele.

“Mas, dito isso, se houver uma manifestação de ódio em relação a isso, podemos considerar [removê-lo]”, disse Greene.

Fonte: Eurogamer