Diretores de Guerra Infinita foram ameaçados após ausência do Gavião Arqueiro

Os diretores Joe e Anthony Russo receberam ameaças de morte de fãs devido à ausência do Gavião Arqueiro em Vingadores: Guerra Infinita, revelou Jeremy Renner. Um dos seis membros originais dos Vingadores, Clint foi alvo de piadas depois de ser intencionalmente excluído do último sucesso de bilheteria da Marvel. Entretanto, alguns de seus seguidores leais ficaram chateados, e começaram a enviar as ameaças.

Os fãs notaram pela primeira vez a ausência do Gavião Arqueiro, após o lançamento do primeiro trailer do filme em novembro do ano passado. Antes disso, Clint foi destaque no enorme cartaz do grupo revelado durante  a San Diego Comic-Con. Mas conforme o marketing de Guerra Infinita foi progredindo, ficou cada vez mais claro que o Gavião Arqueiro não faria parte do primeiro combate dos Vingadores contra Thanos. O filme esclareceu a ausência do personagem – Clint estava cumprindo prisão domiciliar depois que ele e Scott Lang (Homem-Formiga) fecharam um acordo com o governo após seus envolvimentos com Steve Rogers durante os eventos de Capitão América: Guerra Civil.

Em entrevista ao USA Today, Jeremy Renner falou sobre a exclusão de seu personagem em Vingadores: Guerra Infinta, Embora o ator não parecesse se importar, considerando a promessa de um papel proeminente em Vingadores 4O ator revelou que alguns fãs do personagem ficaram tão irritados, e acabaram fazendo várias ameaças de morte aos irmãos Russo. “É uma sensação boa, eu acho. Acho que os irmãos Russo receberam muitas ameaças de morte. A minha reação foi tipo ‘Uau, cara, que intenso. Sinto muito”, disse Renner.

VEJA TAMBÉM:  Vingadores: Guerra Infinita e Pantera Negra são destaques no People's Choice Awards