Doutor Destino | Noah Hawley diz que filme é uma “mistura de gêneros”

O criador de legion, Noah Hawley revelou algumas das idéias para o filme do icônico personagem da Marvel, Doutor Destino. Enquanto a produção do filme está realisticamente muito longe de ser confirmada, Hawley espera fornecer uma história que vai “misturar gêneros”, e finalmente fornecer uma plataforma adequada para explorar um dos melhores vilões de histórias em quadrinhos de todos os tempos.

Doutor Destino vem importunando o Universo Marvel desde que apareceu pela primeira vez em Quarteto Fantástico Vol 5 em julho de 1962. Embora tenha passado por várias mudanças de status ao longo dos anos, ele é mais conhecido como o governante de Latveria. As recentes aparições do super-vilão nos filmes de Quarteto Fantástico de 2005/2007 (interpretado por Julian McMahon), e no reboot de Josh Trank em 2015 (interpretado por Toby Kebbell), não mostraram seriamente a intensidade do vilão.

A aquisição dos principais ativos de entretenimento da 21st Century Fox pela Disney obviamente complicou os planos pretendidos para o filme. Hawley confirmou em uma entrevista que ele ainda está comprometido em trazer o projeto para a tela, e revelou sua visão para o enredo. Talvez, ele tenha sido motivado por um dos melhores filmes da MCU:

O que é interessante para mim sobre o personagem de Destino é que ele é o rei de um país do Leste Europeu e existe uma versão mais policial que mistura o gênero?… É algo que [Capitão América: O Soldado Invernal] fez muito bem que foi meio que fazer um filme de suspense da Guerra Fria em um filme de super-heróis. Isso é diferente disso, mas tem essa ideia, e eu não quero falar muito sobre isso, mas é uma mistura de gêneros … o objetivo não é relançar a franquia de Quarteto Fantástico, é realmente construir um bom filme sobre um personagem fascinante e pouco conhecido, no qual vamos fazer as perguntas: Ele é um herói ? Ele é um vilão ? O que ele realmente quer ?

O filme de Doutor Destino ainda não tem previsão de estreia.