Gal Gadot entra no elenco de WiFi Ralph – Quebrando a Internet

A estrela de Mulher-Maravilha, Gal Gadot, confirmou em sua conta oficial do Twitter que irá dublar a voz de “Shank” em WiFi Ralph – Quebrando a internet, a continuação de Detona Ralph.

“Estou animada de finalmente anunciar que vou interpretar uma personagem chamada Shank em WiFi Ralph – Quebrando a Internet, da Disney, que será lançado em novembro! Foi uma experiência incrível ser parte desse projeto com criadores e um elenco incríveis! Bem-vindo à Corrida Doce!”

A personagem é uma piloto do popular jogo de corrida “Slaughter Race”.

Gadot falou sobre a personagem: “Shank é incrível em dirigir carros e tem essa fama de garota malvada. Mas, enquanto o filme continua, você percebe o quão divertida, inteligente e calorosa ela realmente é por dentro, que é o que mais gosto nela.”

Não é nenhuma novidade em ver Gal Gadot se juntar a grandes franquias. Ela que fez parte do sucesso na franquia Velozes e Furiosos, estreou como Mulher-Maravilha em Batman vs Superman: Origem da Justiça antes de estrelar o filme solo da Mulher Maravilha, que se tornou o filme de maior sucesso no Universo Extendido DC até agora.

“Há tanta textura em sua voz”, o roteirista Phil Johnston compartilhou em um comunicado. “Como Ralph é o irmão mais velho de Vanellope, queríamos trazer uma figura de irmã mais velha. Queríamos alguém que Vanellope admirasse, e Gal é definitivamente alguém que as crianças – e muitos adultos que conheço – aspiram imitar. Não consigo imaginar mais ninguém incorporando esse papel.”

No que diz respeito a como Ralph e Vanellope se cruzam com a piloto, um press release diz: “Shank, uma piloto de rua durona, leva seu papel e seu carro tunado muito a sério e não gosta de perder. Quando Vanellope se encontra em uma corrida de rua com Shank, suas habilidades de condução Sugar Rush são colocadas à prova – e Shank fica impressionada”.

WiFi Ralph – Quebrando a internet chega aos cinemas americanos em 21 de novembro 2018. No Brasil, o filme estreia em 3 de janeiro de 2019.