Série de TV adaptada no jogo Halo perde seu diretor

Meses longe do início esperado da fotografia principal e da adaptação da televisão da famosa franquia Halo, da Showtime, acaba de enfrentar outro enorme revés.

Rupert Wyatt, que anteriormente estava ligado à próxima série como produtor executivo e produtor, desistiu citando mudanças no cronograma de produção, causando conflitos de cronograma com outros compromissos.

“É com grande decepção que as mudanças no cronograma de produção de Halo me impedem de continuar no meu papel como diretor da série”, anunciou Wyatt em um comunicado ao The Hollywood Reporter. “Meu tempo no Halo tem sido uma experiência criativa e gratificante com uma equipe fenomenal de pessoas. Agora eu me uno à legião de fãs, animado para ver a série finalizada e desejando que todos participem do melhor”, concluiu Wyatt.

A adaptação do icônico atirador foi desenvolvida por Wyatt e pelo produtor executivo  Kyle Killen. A primeira temporada recebeu uma encomenda de dez episódios da Showtime em junho, com as filmagens enviadas para junho de 2019, para uma estreia em 2020.

“A adaptação de Halo da Showtime está evoluindo lindamente com personagens ricos, histórias convincentes e scripts poderosos. Obviamente, as demandas de produção desta série são enormes, e nós tivemos que adicionar tempo ao cronograma para fazer isso direito. Infelizmente, esse atraso criou um conflito para Rupert, a quem agradecemos por tudo o que ele trouxe para o projeto.”, explicou o presidente da Showtime, Gary Levine, em seu próprio depoimento.

Com a saída de Wyatt, não há nenhuma definição se a produção ainda é esperada para começar a fotografia principal em junho ou se a série enfrenta um atraso à medida que a busca por uma substituição.